top of page
  • Dr. José Luis Pantaleão

Como diferenciar nódulos benignos e malignos

O que mais caracteriza a malignidade de um nódulo da tireoide é quando a ultrassonografia com Doppler evidenciar um nódulo único, de tamanho acima de 1,5cm, sólido e com vascularização predominantemente central.


Nesses casos deve ser realizada a biópsia através de uma Punção Aspirativa com Agulha fina (PAAF) para esclarecimento diagnóstico.


Os nódulos tireoidianos podem produzir hormônios excedentes e causar hipertireoidismo sendo esses na maioria nódulos benignos. A maior parte dos nódulos da tireoide são benignos, sendo os malignos correspondentes apenas a 10 a 15% dos diagnósticos.


Exames de imagem são importantes para detectar nódulos. Não deixe de cuidar da sua saúde e realizar os exames de prevenção.



Comments


bottom of page